Moqueca “Baiaxaba”

Olá, pessoas! Talvez já saibam que eu nasci e cresci em uma cidade costeira chamada Vitoria, na região sudeste do Brasil, antes de vir para o Canadá com os meus “20 e poucos” anos. Eu não vou com frequência ao Brasil, e ao mesmo tempo que gosto de experimentar sabores diferentes e culinárias de outro países, ainda cozinho comida brasileira em casa com alguma regularidade.

Um dos pratos tradicionais do meu estado natal é um ensopado de peixe simples e delicioso chamado “Moqueca”. Toda vez que faço moqueca, viajo no tempo e no espaço com lembranças da praia e a brisa suave do oceano! O prato é delicioso e muitas vezes sirvo quando recebemos visitas em casa. Outros brasileiros adoram, e amigos de outros países parecem gostar tanto quanto os “brasucas”.

Então, quero compartilhar minha versão da receita aqui. É um pouco diferente das moquecas que minha mãe faz porque inclui o azeite de dendê e o leite de coco, que não são utilizados no meu estado natal (Espírito Santo). Estes dois ingredientes são comuns no estado natal do maridão – a Bahia, então minha receita é uma mistura da tradição baiana e capixaba (capixaba = do Espírito Santo). Eu acho que é uma ótima combinação. Experimente e volte pra me contar!

Moqueca “Baiaxaba”

6-8 Porções

Ingredientes

  • 800g a 1Kg de filés (sem osso) de badejo, robalo, pescada ou outro peixe com sabor suave
    congelados ou frescos, cortados em cerca de 8-9 pedaços
  • 400 g de camarão grande, já descascado e limpo (opcional)
  • 1/4 xícara de suco de limão
  • 800g de tomates
  • 2 cebolas médias
  • 4 dentes de alho
  • 1/4 xícara de azeite de dendê (ou mais a gosto)
  • 1 lata de leite de coco (cerca de 400ml)
  • 1/2 xícara de coentro fresco picado (ou mais a gosto)
  • Sal marinho

Modo de fazer

  1. Descongele o peixe e o camarão e remova o excesso de água. Tempere com o suco de limão e com o sal a gosto. Reserve.
  2. Pique as cebolas em pedacinhos, amasse o alho e corte os tomates em quadradinhos pequenos (cerca de 1 cm)
  3. Aqueça o azeite de dendê em uma panela grande. Adicione as cebolas e cozinhe até ficarem macias, adicione o alho e cozinhe por mais um minuto. Adicione metade dos tomates em cubinhos.
  4. Adicione o peixe, espalhando em uma camada na panela. Adicione o camarão (se for usar) em cima do peixe.
  5. Cubra com o resto dos tomates. Adicione o leite de coco. Espalhe por cima o coentro e uma pitada de sal.
  6. Coloque a tampa e deixe ferver. Mova os pedaços de peixe e os camarões com cuidado para garantir que tudo está cozinhando uniformemente. Prove o sal e ajuste se necessário.
  7. Quando os pedaços de peixe e os camarões estiverem opacos (caldo fervendo por cerca de 3-5 minutos), está pronto!

Moqueca é fácil e rápida de fazer e o vídeo / fotos ajudam a ilustrar o passo a passo. Sirva com arroz, pirão (separe um pouco do caldo da moqueca, ferva e adicione farinha de mandioca aos poucos, mexendo rapidamente pra nao empelotar, até ficar cremoso) e molho de pimenta.

Notas:

  • Eu faço moqueca em uma panela de barro tradicional capixaba, mas outras panelas funcionam também.
  • A moqueca produz bastante caldo, então faça “pirão” para servir junto: tire um pouco do caldo com uma concha, transfira para uma panela pequena, leve ao fogo até ferver, abaixe o fogo e adicione farinha de mandioca devagar, mexendo rapidamente para dissolver a farinha e não empelotar, até que comece a engrossar. A consistência ideal é cremosa, semelhante a polenta. Nós adoramos pirão, então eu costumo fazer caldo extra para isso.
  • Normalmente faço moqueca com peixes como badejo, robalo, pescada ou bacalhau fresco, mas bifes de atum (não muito grossos) também funcionam bem. Uso filés em vez de postas porque não gosto de ficar tirando espinhas, mas fica ao gusto de cada um.
  • Compro o azeite de dendê em lojas de comida do Caribe ou da África (não compre o tipo “picante”). As lojas brasileiras de alimentos também podem ter, mas geralmente são garrafinhas menores. Se você não conseguir encontrar azeite de dendê, use óleo de coco, páprica doce e um pouquinho de curcuma (ou use coloral / urucum brasileiro) para dar cor.
  • Faça moqueca vegetariana, usando os outros ingredientes sem o peixe / camarão e adicionando ovos para cozinhar no caldo. Fica parecendo uma Shakshuka.
  • Faça moqueca vegana, substituindo o peixe / camarão por pedaços de tofu firme, palmito em rodelas, couve-flor em pedacinhos, banana da terra (fica mais adocicada), ou outros vegetais de sua escolha.
  • Sirva com arroz de couve-flor para uma opção de baixo carboidrato (low-carb).
  • O prato normal, com pirão e arroz é uma refeição sem glúten.

2 thoughts on “Moqueca “Baiaxaba”

Deixe uma resposta